Dalyne, quais os efeitos deste anticoncepcional?

Dalyne, quais os efeitos deste anticoncepcional? Tem algum perigo para saúde tomar este contraceptivo junto com outro medicamento? Neste post explicaremos sobre os efeitos colaterais deste anticoncepcional fabricado pela EMS Sigma Pharma, mesma fabricante do Niki, Micropil, Malú e outros. Também falaremos se interage com outros medicamentos, se há perigo de trombose e se tem restrições quanto ao uso.

Dalyne, quais os efeitos?

O Dalyne é um contraceptivo combinado composto por 3 mg de drospirenona e 0,03 mg de etinilestradiol. Mesma composição do Elani Ciclo, Yasmin, Yang 30 e Diva.

Os efeitos colaterais mais comuns são:

  • alteração no humor
  • depressão
  • diminuição da libido
  • enxaqueca
  • náuseas
  • dor nas mamas
  • sangramento uterino inesperado
  • sangramento vaginal

Além disso foram reportados efeitos colaterais raros, que ocorreram entre 1 e 10 em cada 10 mil usuárias que foram os eventos tromboembólicos arteriais e venosos.

Dalyne, quais os efeitos deste anticoncepcional?
Dalyne, quais os efeitos deste anticoncepcional?

Também foram reportadas com frequência muito baixa algumas reações adversas que foram: câncer de mama, tumores benigno ou maligno no fígado, eritema nodoso, aumento da gordura no sangue, pressão alta, alterações na tolerância à glicose, colite ulcerativa, cloasma, entre outras.

Tem risco de trombose nos efeitos do Dalyne?

Infelizmente a trombose é um risco para qualquer mulher que esteja tomando contraceptivos. Não importa qual seja, há sempre um aumento do risco de complicações por trombose arterial ou venosa. O risco neste caso é o mesmo que dos contraceptivos combinados que contêm acetato de ciproterona e etinilestradiol, ou desogestrel e gestodeno. Mas é de 50 a 80% maior que os contraceptivos contendo levonorgestrel com etinilestradiol.

Justamente por isso, o Dalyne não é recomendado para mulheres fumantes, que tenham diabetes, excesso de peso, pressão alta, inflamação nas veias, enxaqueca, epilepsia, ou qualquer outro problema que podem aumentar o risco de ocorrer eventos troboembólicos.

É verdade que Dalyne engorda?

Não existem evidências científicas de que os anticoncepcionais fazem as mulheres engordarem, portanto isso é um mito. Estudos sugerem que eles podem até fazer a mulher engordar um quilo ou dois, devido à retanção de líquido. Mas esses quilos desaparecem depois de uns três meses. Ganhos de quilos acima desses valores, são devido ao aumento de consumo de calorias no dia a dia e não causados pelo contraceptivo.

Quando não deve usar o Dalyne

Caso apresente alguma das condições especificados abaixo, não é aconselhado o uso do Dalyne:

  • problemas nos rins;
  • diabetes mellitus;
  • presença de tumor no fígado;
  • histórico de doença no fígado;
  • presença de sangramento vaginal sem explicação;
  • se há suspeita de gravidez;
  • hipersensibilidade a algum dos componentes do anticoncepcional;
  • histórico de trombose, embolia ou coágulos em uma veia em outras partes do corpo;
  • histórico de ataque cardíaco, angina ou derrame;
  • histórico de enxaqueca com sintomas neurológicos focais (problemas de visão, dificuldade para falar, adormecimento, fraqueza);
  • histórico de câncer.

Se algum dos casos acima ocorrer enquanto pela primeira vez enquanto estiver utilizando o Dalyne, pare o uso e fale imediatamente com seu médico.

Remédios que podem interagir com Dalyne

Alguns remédios podem diminuir a eficácia do Dalyne ou causar sangramento inesperado. Entre eles estão:

  • medicamentos para epilepsia (primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato e outros);
  • medicamentos para turbeculose;
  • medicamentos para AIDS e Hepatite C;
  • medicamentos para infecções fúngicas (griseofulvina, antifúngicos azólicos, por exemplo, itraconazol, voriconazol, fluconazol, cetoconazol);
  • medicamentos para infecções bacterianas (antibióticos macrolídios, por exemplo, claritromicina, eritromicina);
  • medicamentos para algumas doenças cardíacas e pressão alta (bloqueadores dos canais de cálcio, por exemplo, verapamil, diltiazem);
  • medicamentos para artrites, artroses;
  • medicamentos que contenham Erva de São João.

Além disso o suco de toranja também pode reduzir a eficácia do anticoncepcional, tenha cuidado.

O próprio Dalyne pode interferir na eficáceia dos medicamentos ciclosporina, antiepiléptico lamotrigina, melatonina, midazolam, teofilina e tizanidina.

É muito importante sempre conversar com seu médico, caso pretenda começar a utilizar algum medicamento, enquanto estiver fazendo uso do Dalyne. Ele também pode interferir em exame de sangue e outros testes laboratoriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.