Fatores de risco do câncer de pâncreas

Você sabe quais são os fatores de risco do câncer de pâncreas? O câncer de pâncreas começa nos tecidos do pâncreas, órgão no abdômen que fica atrás da parte inferior do estômago. Ele é responsável pela liberação de enzimas que ajudam na digestão, além de produzir hormônios que ajudam a controlar o açúcar no sangue. No Brasil este tipo de câncer é responsável por cerca de 2% de todos tipos de câncer diagnosticados e por 4% do total de mortes causadas pela doença. O problema do câncer de pâncreas é que sinais e sintomas muitas vezes não ocorrem até que a doença esteja avançada, dificultando sua cura.

Quais os fatores de risco do câncer de pâncreas?

Os fatores que podem aumentar o risco do câncer do pâncres são:

  • Tabagismo
  • Diabetes
  • Inflamação crônica do pâncreas (pancreatite)
  • Histórico familiar de síndromes genéticas que podem aumetar o risco de câncer (mutação do gene BRCA2, síndrome de Lynch e síndrome do melanoma hereditário)
  • Obesidade
  • Histórico familiar de câncer pancreático
  • Idade avançada (a maioria dos dignosticados possuem mais de 65 anos)
Fatores de risco do câncer de pâncreas
Quais os fatores de risco do câncer de pâncreas?

Existem sintomas que podem indicar o câncer de pâncreas?

Como falamos no início do post, não existem sintomas específicos do câncer de pâncreas. É justamente por isso que ele é difícil de ser diagnosticado em seu estágio inicial. Esses são alguns sinais e sintomas mais comuns na fase avançada da doença:

  • fraqueza
  • perda de peso
  • falta de apetite
  • dor abdominal
  • urina escura
  • olhos e pele de cor amarela
  • náuseas
  • dores nas costas

É importante destacar que na maioria das vezes esses sintomas não são causados por câncer. Apenas o médico poderá investigar, principalmente se o problema não melhorar em alguns dias.

É possível se prevenir contra este tipo de câncer?

Apesar de alguns fatores de risco estarem fora do nosso controle, existem algumas escolhas de estilo de vida que você pode fazer para reduzir os riscos.

Se for fumante pare de fumar, converse com médico e veja se é possível tomar algum medicamento ou terapia de reposição de nicotina. Se você não fuma, nem comece.

Mantenha o peso saudável. Se estiver acima do peso tente perder 1Kg por semana até atingir o peso ideal. Faça atividades físicas e dê preferência para dieta rica em frutas, grãos e vegetais.

O estilo de vida saudável é muito importante para redução de risco do câncer. Adicione frutas e vegetais coloridos na sua alimentação, não esqueça dos grãos integrais! Pratique atividades físicas regularmente e evite consumo de bebida alcoólica e cigarros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.