O açúcar causa diabetes, mito ou verdade?

O açúcar causa diabetes, mito ou verdade? A diabetes é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por níveis elevados de glicose no sangue por um longo período de tempo. É por isso que muitos achavam que o consumo de açúcar poderia levar ao desenvolvimento de diabetes, mas será que o açúcar é realmente o culpado em relação à essa doença? A seguir falamos um pouco sobre o açúcar e a diabetes mellitus.

“O açúcar causa diabetes” é mito

Esse é um dos mitos espalhados por anos e anos, e acabam ficando na cabeça das pessoas como se fosse a verdade.

Apesar de existirem estudos experimentais e observacionais que sugeriram que a ingestão de açúcar está associada ao desenvolvimente de diabetes tipo 2, independente de seu papel na obesidade, não é claro que as alterações na ingestão de açúcar podem ser responsáveis por diferenças na prevalência da diabetes na população em geral.

Portanto essa afirmação é um mito. O consumo de açúcar com moderação não causa diabetes.

Profissionais da saúde recomendam que se evite o consumo de bebidas ricas em açúcar como refrigerantes, sucos de frutas e bebidas esportivas. Uma revisão de estudos com 310,819 participantes mostrou que consumir bebidas açucaradas está diretamente associado ao aumento do peso e ao desenvolvimento de diabetes tipo 2.

O açúcar causa diabetes, mito ou verdade?
O açúcar causa diabetes, mito ou verdade?

Apesar disso eles explicam que a diabetes é uma doença complexa e não há provas de que o consumo de açúcar, principalmente em moderação, seja a causa direta da diabetes. Tanto a diabetes tipo 1 como a tipo 2 são parcialmente genéticas e não dependem somente do que a pessoa come.

O que parece ser crucial neste caso é o tamanho das porções consumidas. Um estudo que verificou hábitos alimentares e prevalência de diabetes em 175 países e concluiu que: “a duração e grau de exposição ao açúcar está significativamente correlacionado com a prevalência da diabetes”. Enquanto que as diminuições na exposição ao açúcar está correlacionado com diminuições subsequentes significativas nas taxas de diabetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.