Cozinhar os alimentos mata o coronavírus?

Cozinhar os alimentos mata o coronavírus? Essa é a pergunta que muitas pessoas têm feito, principalmente com a notícia de que trabalhadores de frigoríficos estão se contaminando e trabalhando doentes. Será que é seguro comer a carne desses locais ou a Covid-19 pode ser transmitida pelo alimento mesmo depois de cozido? Neste post falaremos um pouco sobre o que se sabe em relação à Covid-19 e os alimentos.

Cozinhar os alimentos mata o coronavírus?

Ainda não há evidências de que a Covid-19 possa ser transmitida pelos alimentos, principalmente porque o vírus causa uma doença respiratória transmitida pelas gotículas respiratórias que ficam nas superfícies ou no ar.

Justamente por isso temos que lavar as mãos quando chegamos da rua e colocar legumes, frutas e verduras na mistura de 1 colher de sopa de água sanitária com hiploclorito para cada litro de água. No caso das embalagens devem ser limpas com álcool 70% ou lavadas. Mas ao lavar é preciso ter cuidado para a água não entrar no pacote, senão você perderá tudo de dentro.

Cozinhar os alimentos mata o coronavírus?
Cozinhar os alimentos mata o coronavírus?

É preciso fazer esse processo assim que chega em casa, para não correr risco do vírus se espalhar pelo local. Outra opção para quem tiver espaço para deixar os alimentos sem contato humano, é deixá-los separados dentro do saco por três dias, que é o tempo de sobrevivência do vírus em embalagens plásticas.

Apesar de não ser um patógeno transmitido pelos alimentos, os especialistas recomendam o cozimento até que os alimentos atinjam a temperatura interna adequada. Já explicamos aqui no site sobre as temperaturas corretas que as carnes devem ser cozidas para que bactérias e vírus sejam destruídos no processo.

Muitos vírus são sensíveis ao calor e o coronavírus não é diferente, ele tende a sobreviver por período mais curto em temperaturas mais altas e níveis mais altos de umidade. Mas é importante ressaltar que ainda não há estudos suficientes para estabelecer a temperatura correta para inativação do SARS-CoV-2, o vírus causador da Covid-19. Acredita-se que ele irá agir de forma semelhante aos outros coronavírus já conhecidos.

Portanto você deve continuar seguindo essas diretrizes de segurança alimentar em relação à Covid-19. Evite ingerir alimentos perecíveis que ficarem fora da refrigeração por mais do que duas horas, pois as bactérias e outros germes nocivos se propagam rapidamente entre 4,4°C e 60°C.

Temperaturas recomendadas para o cozimento dos alimentos

  • Aves – 74°C ou maior (coloque o termômetro na parte mais interna da coxa e na parte mais grossa do peito).
  • Carne moída de boi, frango ou peru (incluindo hamburguer) – 74°C ou maior.
  • Carne de boi, porco ou cordeiro – 63°C (carne mal passada), 71°C (ao ponto) ou 77°C (bem passado).
  • Cozido de carne e outros pratos com carne (como lasanha) – 74°C ou maior.
  • Peixes – 63°C ou maior.
  • Pratos com ovos e cozidos – 72°C ou maior.
  • Sobras – 74°C ou maior.

Preciso jogar o alimento fora caso tenha sido comprado de local em que um trabalhador testou positivo?

De acordo com os especialistas isso não é necessário. Normalmente o local é fechado para evitar a contaminação de pessoa para pessoa, o fechamento não está relacionado aos alimentos e produtos vendidos por eles. É importante apenas que a pessoa continue seguindo suas diretrizes de segurança em relação à limpeza dos produtos e alimentos comprados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.