Metais tóxicos que podem contaminar os alimentos

Muitas pessoas não sabem, mas mercúrio, cobre e chumbo presentes em peixes e utensílios de cozinha podem causar problemas graves de saúde. Neste post trazemos detalhes sobre esses metais tóxicos que podem contaminar os alimentos, como ocorre a contaminação, os perigos e sintomas que podem causar se consumidos.

Mercúrio é um dos metais tóxicos que podem contaminar os alimentos

O mercúrio é um elemento natural encontrado no ar, água e solo. Mas mesmo quantidades pequenas podem trazer problemas graves de saúde pois ele tem efeitos tóxicos no sistema nervoso, imunológico e digestivo, além de pulmão, rins, pele e olhos.

As pessoas são expostas principalmente ao mercúrio quando comem peixes e mariscos contaminados. Não é possível remover o mercúrio do peixe com o cozimento, por isso a doença é contraída se a pessoa come regularmente estes peixes pois o mercúrio vai se acumulando no corpo.

De acordo com a OMS, é segura a ingestão diária de apenas 5 microgramas por cada quilo do seu peso. A Anvisa estabelece que a concentração máxima de mercúrio no peixe não deve ultrapassar 1mg/kg em peixes predadores e 0,5mg/kg em peixes não predadores, quando esse valor é ultrapassado o peixe é apreendido. Mas populações ribeirinhas não possuem este tipo de fiscalização e estão sujeitas à uma maior exposição ao metal pesado.

Metais tóxicos que podem contaminar os alimentos
Metais tóxicos que podem contaminar os alimentos

O tempo para aparecimento dos sintomas do envenenamento por mercúrio vão depender da dose, idade e tempo de exposição ao metal pesado. Esses sintomas podem incluir fraqueza muscular, perda de memória, problema de coordenação, dormência nos dedos das mãos e pés, erupções cutâneas, ansiedade, problemas para falar, escutar e ver.

O mercúrio também traz riscos para mulheres grávidas, pois ele pode afetar o crescimento do cérebro e sistema nervoso do bebê, causando problemas cognitivos, de linguagem, atenção, memória e outros.

A única maneira de evitar a exposição é reduzindo o consumo de peixe e mariscos, mulheres grávidas devem evitar o consumo por completo. Alguns peixes que têm maior quantidade de mercúrio são tubarão, peixe agulha, peixe espada, cavala, corvina, robalo chileno, atum, robalo riscado, lagosta e outros.

Cobre

O cobre é um micronutriente que pode ser tóxico em quantidades elevadas, normalmente é encontrado em utensílios de cozinha que têm o cobre como principal elemento estrutural. A exposição aguda ao cobre ocorre quando se cozinha ou armazena alimentos altamente ácidos nestes utensílios que não possuem revestimento de proteção. Exposições pequenas e crônicas de alimentos ácidos ao cobre também podem resultar em toxicidade.

O envenamento por cobre pode causar problemas nos rins e fígado e levar à morte, os sintomas vão depender to tempo de exposição e da idade da pessoa.

Na intoxicação aguda pode ocorrer vômito, vômito com sangue, queda da pressão arterial, fezes pretas, coma, icterícia e problemas gastrointestinais.

Chumbo

O chumbo é outro metal pesado que pode causar intoxicação se consumido nos alimentos. Normalmente encontrado em utensílios de cristal, porcelana, cerâmica, tintas e vasos de estanho. O envenenamento é evitado usando utensílios de cozinha que não contenham chumbo. Por exemplo, no caso de copos de cristais utilize cristais Bohemia da República Tcheca que são feitos com titânio ao invés de chumbo.

De acordo com a OMS, é segura a ingestão diária de apenas 25 microgramas por cada quilo do seu peso.

Os sintomas vão variar de acordo com o nível e tempo de exposição, mas podem incluir dor abdominal, dor de cabeça, convulsões, coma e até a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.