Sintomas da Trombose Venosa Profunda

Quais seriam os principais sintomas da trombose? Neste post, explicamos melhor sobre esta doença, que pode atingir pessoas em qualquer idade.

A Trombose é a formação de coágulo em uma veia profunda que promove obstrução da corrente sanguínea, também conhecido como trombo.

Ela também é conhecida como Trombose Venosa Profunda (TVP) ou flebite ou tromboflebite profunda. Esta obstrução na veia, solidificação do sangue dentro dos vasos, faz com que o sangue não flua normalmente pela corrente sanguínea e pode ocorrer tanto em veias quanto em artérias.

A diferença entre elas é que trombose venosa ocorre nos vasos que levam o sangue de volta para o coração e pulmão depois de passar pelo corpo, já a arterial faz o contrário, leva o sangue para as extremidades do corpo. Conheça agora os sintomas da trombose venosa profunda e complicações relacionadas à ela.

Sintomas da Trombose

O perigo da trombose é que muitas vezes ela não apresenta sintomas, ou seja, é assintomática. Metade dos casos conhecidos passam despercebidos pelas pessoas. Os sintomas mais comuns que estão ligados à trombose são:

Dor ao apertar causado pelo inchaço que pode ocorrer em uma das pernas ou em uma das panturrilhas ou em um dos braços (mais raro). Se o inchaço for em ambos os lados pode indicar outro problema como insuficiência cardíaca, renal etc.

Aumento da temperatura local (pele quente) e sensibilidade.

A pele pode ficar mais escura no local.

Também pode ocorrer vermelhidão do local.

Sintomas da Trombose
Conheça os sintomas da Trombose

Quais são as complicações da trombose venosa se não tratada?

Uma das complicações é a embolia pulmonar causada pelo deslocamento do trombo que viaja pelas veias e causa oclusão de um vaso no pulmão. Se ocorrer oclusão em múltiplos vasos ou em vasos maiores pode ocorrer falência cardíaca, infarto pulmonar e morte.

Se não tratada corretamente, o sangue pode ficar represado na perna por que não está fluindo adequadamente. Isto é chamado de síndrome pós-trombótica ou síndrome pós-flebítica. Neste caso há formação de um edema crônico (inchaço) que causa sensação de peso e dor e aparecimento de feridas próximas aos tornozelos (eczemas e úlceras nervosas). Estas feridas causam bastante dor e demoram muito para cicatrizar.

O que pode causar trombose?

Pode ocorrer com qualquer pessoa mas a maioria está relacioando com algum fator abaixo:

  • Cirurgias longas em pacientes de 40 anos ou mais
  • Traumatismos
  • Câncer
  • Ficar muito tempo deitado ou sentado (imobilizado), inclusive em viagens aéreas longas
  • História prévia de trombose venosa
  • Gestação
  • Obesidade
  • Insuficiência cardíaca
  • Histórico familiar

Trombose tem cura? Como tratar?

Sim, a trombose tem cura ou pelo menos pode ser tratada durante a vida.

Se for detectada precocemente e o paciente seguir o uso de medicamentos anticoagulantes corretamente poderá reverter o quadro. Estes medicamentos podem ser injetados ou tomados via oral. Eles impedem a formação do trombo e sua evolução para complicações como a embolia pulmonar.

O tempo de tratamento varia com cada caso, mas normalmente duram 3 meses. Alguns tratamentos podem ser para vida inteira. Durante este tempo é preciso fazer exames de sangue regularmente.

Em casos mais graves pode ser necessário cirurgia para remoção do coágulo quando não é possível diluí-lo com anticoagulantes ou trombolíticos.

Como prevenir?

É importante sempre beber muito líquido para evitar desidratação.

Não fique parado muito tempo, se trabalha sentado, movimente-se de hora em hora. Se necessário use meias elásticas de compressão.

Pratique exercícios físicos e não fume. No caso de mulheres acima de 35 anos, evitem tomar pílulas anticoncepcionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.