Como identificar reação alérgica em crianças

Como identificar reação alérgica em crianças? A maiora das reações alérgicas causam desconforto moderado, mas nos casos mais graves como na anafilaxia, pode conduzir à morte. Por isso é importante saber identificar quando a criança está com alguma alergia para poder agir o mais rápido possível.

No mundo todo são milhões de pessoas que têm alergia a algum tipo de alimento. Atualmente sabe-se que mais de 70 alimentos podem causar alergias alimentares, mas estudos mostraram que 75% das reações alérgicas em crianças ocorrem por um número limitado de alimentos como ovo, amendoim, leite, peixe e nozes.

Como identificar reação alérgica em crianças

Essas são algumas reclamações que as crianças fazem quando estão com reação alérgica:

  • Minha língua está quente.
  • Minha língua está coçando.
  • A comida está muito apimentada.
  • Minha língua está cheia e pesada.
  • Minha garganta está grossa/dura.
  • Meus lábios estão grossos/duros.
  • Tem um sapo na minha garganta.
  • Tem alguma coisa presa na minha garganta.
  • Minha boca está esquisita.
  • Parece que tem cabelo na minha boca.
  • Tem bicho nas minhas orelhas (coceira nas orelhas).
  • Tem calombos na parte detrás da minha língua.
Como identificar reação alérgica em crianças
Como identificar reação alérgica em crianças

Se você achar que a criança está com reação alérgica fique monitorando os sintomas para ver se está piorando. Nos casos graves os sintomas podem piorar rapidamente, é preciso estar alerta.

Os sintomas leves são coceira (comichão), pele avermelhada, inchaço leve, nariz entupido ou escorrendo, espirros, olhos coçando ou lacrimejantes e urticária. Já nos sintomas graves ocorre inchaço (tumefação) da boca e língua, dificuldade em engolir ou respirar, chiado na respiração ou dificuldade para respirar (sufoco), dor abdominal, náusea ou vômito, diarréia, tontura e desmaio (queda na pressão arterial).

Porque estão ocorrendo mais casos de alergia?

Não se sabe ao certo porque os casos de alergia estão aumentando, mas existem algumas teorias da ciência.

Uma delas é que com o aumento da higiene, as crianças não estão tendo contato suficiente com infecções. As infecções parasitárias são normalmente combatidas pelos mesmos mecanismos envolvidos no combate às alergias. Com menos parasitas para combater, o sistema imunológico se volta contra coisas que deveriam ser inofecivas.

Outra teoria é que a vitamina D pode ajudar o sistema imunológico a desenvolver uma resposta saudável, deixando-nos menos suscetíveis à alergias. E a deficiência de vitamina D vem aumentando em vários países, devido à falta de luz do sol.

Estudo vêm sendo realizados para tentar chegar a uma conclusão mais significativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.