O que é Síndrome de Burnout? A Síndrome de Burnout entrou na Classificação Internacional de Doenças (CID-11) da Organização Mundial da Saúde, e é uma síndrome psicológica (distúrbio psíquico) que surge como resposta ao estresse crônico sofrido no trabalho. Pode causar terrível exaustão, esgotamento e outros problemas de saúde. Mais quais os sintomas deste problema que tem atingido tanta gente? Será que tem tratamento? Explicaremos melhor a seguir.

O que é Síndrome de Burnout?

Como explicado anteriormente, a causa do Burnout é o esgotamento como resultado do estresse crônico no local de trabalho. De acordo com a OMS, ele refere-se especificamente a fenômenos no contexto ocupacional e não deve ser aplicado para descrever experiências em outras áreas da vida.

Suas principais características são:

  • sentimentos de esgotamento de energia ou exaustão;
  • isolamento mental do trabalho ou sentimento de negativismo relacionados ao trabalho;
  • redução da eficiência profissional.

Ela se manifesta principalmente em pessoas com profissão que exigem envolvimento interpessoal direto e intenso.

Além das características acima outros sintomas mais comuns são:

  • Sintomas físicos
    • cansaço e esgotado a maioria do tempo;
    • imunidade baixa, ficando doente com fequência;
    • dores frequentes de cabeça ou nos músculos;
    • mudança no apetite ou no sono;
  • Sintomas emocionais
    • sentimento de falha e dúvidas em si mesmo;
    • se sentindo sem esperança, preso ou derrotado;
    • se sentindo sozinho no mundo;
    • perda de motivação;
    • redução na satisfação e senso de realização.
estresse no trabalho síndrome de Burnout
Estresse no trabalho síndrome de Burnout

Alguns outros sintomas comportamentais também aparecem:

  • falta de responsabilidade;
  • se isolar das outras pessoas;
  • procrastinar;
  • usar alimento, bebida ou drogas para lidar com a situação;
  • descontar as frustações nos outros;
  • faltar o trabalho ou chegar atrasado e sair cedo.

A Síndrome de Burnout está relacionada ao estresse mas não é a mesma coisa que “muito estresse”. No estresse a pessoa consegue imaginar que vai colocar as coisas em ordem e elas irão melhorar. No Burnout nada é o suficiente, você se sente vazio e mentalmente exausto.

O que causa a Síndrome de Burnout?

O esgotamento acontece por causa do trabalho, normalmente nas pessoas que se sentem sobrecarregadas e desvalorizadas, pode ser o trabalhador que nunca tira férias ou até a mãe esgotada com as tarefas domésticas e pais idosos.

Mas o estilo de vida, o que você faz quando não está trabalhando, e traços de personalidade, como você vê o mundo, também contribuem para o desgaste e podem influenciar no esgotamento tanto quanto o estresse.

Alguns tipos de personalidades podem contribuir para o problema como pessoas com tendência perfeccionista, quando nunca está nada bom, pessoas com visões pessimistas sobre si mesmo ou o mundo, pessoas que precisam estar em controle e não conseguem delegar com outros e pessoas com personalidade tipo A ou tipo 1.

Como diagnosticar?

Normalmente quando a pessoa descobre que está com o problema é que já passou da hora para começar o tratamento. O esgotamento não é diagnóstico médico, você tem que ficar atento aos sintomas. Muitas pessoas com este tipo de problema, não acham que está relacionado ao trabalho.

Você tem que ficar de olho nos sintomas especificados no início do post, notando algo parecido entre em contato imediatamente com médico.

Quais tratamentos para a Síndrome de Burnout?

No Burnout o tratamento é complicado, pois envolve várias ações que precisam ser tomadas. Algumas medidas que podem ser tomadas para ajudar:

  • Verifique suas opções – converse com seu supervisor sobre suas alternativas no emprego, se for possível tire uma licença médica;
  • Procure ajude – fale com amigos e familiares, o apoio de outras pessoas é muito importante para continuar o tratamento;
  • Faça atividades relaxantes – tente fazer outras atividades que ajudem a reduzir o estresse;
  • Tente dormir melhor – o sono é muito importante para diminuir o estresse e ainda ajuda a proteger sua saúde, tente criar uma rotina para ir dormir como tomar banho quente e desligar aparelhos elétricos uma hora antes, para evitar distrações;
  • Pratique exercícios físicos – os exercícios físicos regulares são muito importantes para ajudar a lidar com o estresse, ainda pode ajudar a fazer parar de pensar em trabalho, 30 minutos por dia é suficiente;
  • Tenha uma dieta saudável – evite alimentos lotados se açúcar e carboidratos refinados, reduza a quantidade de substâncias que podem alterar o humor, evite fumar e beba com moderação.

Além das ações que você mesmo pode tomar, é preciso ter acompanhamento psicoterápico com medicamento ou não (estes são usados para atenuar os sintomas de stress e depressão). O tempo de tratamento varia de pessoa para pessoa.

Conclusão

A Síndrome de Burnout não é fácil de ser diagnosticada, inclusive pode ser confundida com estresse e até com depressão. Por isso é importante entrar em contato com médico se estiver com os sintomas especificados acima, será precio muita conversa para descobrir o problema. Tenha paciência e persistência, pois é um problema reversível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.