Ciclo 21, quais os efeitos deste anticoncepcional?

Ciclo 21 quais os efeitos deste anticoncepcional? Tem algum perigo para saúde tomar Ciclo 21 junto de algum outro medicamento? Neste post explicaremos sobre os efeitos colaterais deste anticoncepcional, se reage ou interage com algum outro remédio, se tem perigo de trombose e se tem alguma restrição de uso.

Ciclo 21, quais os efeitos?

O Ciclo 21 é composto por 0,15 mg levonorgestrel + 0,03 mg etinilestradiol, é um anticoncepcional combinado.

Estes são os principais efeitos colaterais do Ciclo21:

  • depressão;
  • alteração de apetite sexual;
  • alteração de humor;
  • dor de cabeça;
  • vaginite;
  • candidíase;
  • acne;
  • náuseas;
  • vômito;
  • enxaqueca;
  • nervosismo;
  • tontura;
  • dor abdominal;
  • ganho de peso;
  • aumento e secreção das mamas;
  • alteração do fluxo menstrual.
Ciclo 21, quais os efeitos deste anticoncepcional?
Ciclo 21, quais os efeitos deste anticoncepcional?

Se ocorrer reação alérgica como urticária, dificldade para respirar, inchaço do rosto, lábios, língua ou garganta, fale imediatamente com médico.

Tem risco de trombose?

O uso de qualquer contraceptivo oral combinado está associado ao aumento do risco de eventos tromboembólicos e trombóticos venosos e arteriais, por isso é muito importante ter cuidado e só tomar com acompanhamento médico.

O risco é maior para mulheres que fizeram cirurgia, sofreram trauma, que tenha feito parto ou aborto recente, mulheres obesas ou que ficaram com imobilização prolongada.

Quando não usar este contraceptivo?

Este medicamento não deve ser usado por:

  • Grávidas ou suspeita de gravidez;
  • Idosas;
  • Crianças;
  • Homens;
  • Diabéticos (pode aumentar triglicerídes);
  • Mulheres com pressão alta;
  • Mulheres com problema de coração;
  • Mulheres fumantes acima dos 35 anos;
  • Mulheres com enxaqueca severa (principalmente se tiver mais que 35 anos);
  • Mulheres com histórico de trombose venosa profunda ou tromboembolismo;
  • Mulheres com histórico de derrame cerebral;
  • Mulheres com histórico de câncer de mama ou outra neoplasia estrôgeno-dependente;
  • Mulheres com doença hepática ativa.

Medicamentos que podem interagir com Ciclo 21

O que pode acontecer é alguns remédios aumentarem ou diminuirem a concentração de etinilestradiol no anticoncepcional, reduzindo eficácia do contraceptivo. Abaixo listamos destas substâncias:

  • Antibióticos como ampicilina e outras penicilinas diminuem concentração de etinilestradiol;
  • Erva de São João e Ritonavir (Hypericum Perforatum) diminuem a concentração de etinilestradiol;
  • Rifampicina, primidona, dexametasona e outras substâncias indutoras das enzimas microssomiais hepáticas diminuem a concentração de etinilestradiol;
  • Substância que reduz tempo de trânsito gastrintestinal também reduz concentração de etinilestradiol;
  • Atorvastatina aumenta concentração de etinilestradiol;
  • Vitamina C, paracetamol e outros inibidores competitivos de sulfatações na parede gastrintestinal, aumentam concentração de etinilestradiol;
  • Fluconazol, indinavir e outras substâncias que inibem enzimas do fígado aumentam a concentração.

Sempre verifique a bula de qualquer remédio se estiver tomando Ciclo 21. O Ciclo 21 também pode interferir em exames laboratoriais, portanto avise seu médico e ao laboratório se estiver tomando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.